Gurupi firma parceria e se torna primeiro município do Tocantins a utilizar o PGRS Digital

 

Gurupi firma parceria e se torna primeiro município do Tocantins a utilizar o PGRS DigitalMais uma parceria foi firmada pela Prefeitura de Gurupi com o objetivo de otimizar e qualificar a prestação dos serviços públicos. Na tarde desta segunda-feira, 24, a prefeita Josi Nunes assinou Termo de Cooperação Técnica com o Instituto Gestão Brasil, empresa do terceiro setor que possui um sistema único no Brasil para elaboração e gestão de Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), de forma digital.

O sistema consiste em proporcionar o desenvolvimento, de forma totalmente eletrônica, do PGRS Digital às empresas por meio de um Módulo de Gestão Pública, sem custos ao município e possibilitando identificar e fiscalizar seus geradores, transportadores, a destinação adequada e a logística reversa. Com a parceria, Gurupi passa a ser a primeira cidade do Tocantins a utilizar o PGRS Digital. A ferramenta vai proporcionar ao município se adequar à Lei 12.305/2010 que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

A prefeita Josi Nunes afirma que é mais uma parceria que gera um grande avanço para o município. “Estamos trabalhando no sentido de desenvolvermos um trabalho mais moderno e qualificado nas questões ambientais de Gurupi, mais precisamente voltado para a questão da gestão dos resíduos sólidos. Temos muitos desafios nesta área e para resolve-los temos que fazer parceria com quem conhece e tem expertise na área, e o instituto gestão Brasil, é referência nacional nesta questão”, frisou a prefeita.

O superintendente do Instituto Gestão Brasil, Carlos Lopes, agradeceu a prefeita Josi Nunes e sua equipe pela parceria e salientou a importância da implementação do sistema para o município. “Gurupi se torna a primeira cidade do Tocantins a implementar o PGRS digital, ferramenta que vai permitir com que o município faça o completo gerenciamento dos resíduos sólidos conforme determina a Lei federal 12.305, e com essa parceria, o município poderá identificar quem são os grandes geradores de resíduos, o que é gerado, destinação final ambientalmente correta e os acordos setoriais da logística reversa”, disse.

Segundo o diretor municipal de Meio Ambiente, Diego Rocha, por ser digital, o sistema trará benefícios como economia e facilidade na gestão dos processos. “É uma ferramenta de suma importância, uma vez que é um sistema moderno e por ser digital, já teremos uma economia grande e maior facilidade na gestão dos processos. Com isso, teremos um perfil transparente de como é a gestão dos resíduos sólidos e dos grandes geradores aqui da nossa cidade. Vai facilitar o trabalho da fiscalização e teremos ferramentas para facilitar as políticas públicas nesta área”, comentou Diego.

 

Presenças

Também estiveram presentes na solenidade, o representante do Instituto Gestão Brasil no Tocantins, José Faial; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Pedro Dias; o diretor regional do Naturatins, Ataíde Leiteiro; o presidente da Cooperativa de Resíduos Sólidos de Gurupi, Jandislau Lui; e os vereadores André Caixeta; Zezinho da Lafiche; Ivanilson Marinho; Mateus Monteiro, Ronaldo Lira, Rodrigo Ferreira e Jair do Povo.

Por Fernando Vieira – Secom Gurupi

Fonte: http://pref.gurupi.to.gov.br/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.